Tecnologia do Blogger.
Recent Videos

O Melhor Site Nerd, Agora com ainda mais Recursos - Tia Nerd ainda Melhor!

Seja muito bem Vindo ao Site Tia Nerd conheça todos os Recursos disponíveis no Site!


TN Comics - O universo compartilhado Completo!

E finalmente o site Tia Nerd tem o Prazer de anunciar o resultado final do Projeto Resistência!



CW -DC Comics Crisis on Earth X - Que coisa linda de se ver!

Mais um Crossover entre as Séries da DC Comics chegou, e como começou Bem!


DC Comics- A complicada historia do Capitão Marvel, o Plagio e o outro Plagio!

Ele ja foi chamado de Plagio, ele ja teve um Plagio conheça Shazam o Capitão Marvel! 


E Liga da Justiça Estreou, saiba tudo (Sem Spoiler)

Literalmente o Filme mais Esperado da Vida (Para muitos)


Duas Cenas Pós Credito e Reações Positivas marcam primeiros relatos sobre Liga da Justiça!

Todos Sabem que a DC tem sofrido bastante com a Posição tomada por Críticos em suas estreias!


Claro que muitas vezes críticos falam aquilo que vêem, embora nem sempre seja uma tendência quando se trata da WB/DC, vide que muitas vezes não é nem mesmo difícil vermos campanhas difamatórias antes mesmo da estréia de seus filmes!

Seja como for depois do Sucesso de Wonder Woman parece que ao menos no exterior as coisas tem melhorado, sairam alguns posicionamentos dos sites que puderam assistir Liga da Justiça e as reações em sua maioria tem sido bem positivas (Em sua maioria!)...

Representantes de Sites como :

Comicbook




Screen Rant



Collider




Heroic Hollyhood





Super Hero NEWS




io9




Veja que não estamos falando de uma unanimidade segundo os Twitters de Representantes de diversos sites Nerds pelo mundo que até ha algumas horas ainda estavam sobre embargo, mas em sua maioria é uma reaão bem melhor do que as que tivemos em época de BvS e SS...

Alem da boa maré Noticias também dão conta de duas Cenas pós Creditos sendo uma delas com Superman, e também temos a boa noticia da futura série com a Méra ninguem menos que a Rainha dos Mares!

Noticias também dão conta que Flash, Cyborg e Aquamam são os grandes nomes do Filme!







The Flash - Homem Elástico, soma mais um herói para a DC

DC Comics adiciona mais um Super-Heroi a suas séries!

Liga da Justiça: Ciborgue como o grande nome?!


E a liga está chegando senhoras e senhores e um maldito "Hype" que nos consome, estão surgindo teorias na Internet e algumas até que fazem sentido. 
 Porém, como parei de acompanhar os trailers  (por motivos de evitar spoiler) e notícias sobre o filme, criei a minha própria. 



Segundo os quadrinhos, Darkseid vem à Terra com seu exército de Parademônios e soldados de Apokolips em busca das caixas Maternas. O que seria a base para o roteiro do filme por assim dizer.

Mas e o Steppenwolf? 

Acredito que Steppenwolf seja apenas um arauto a mando de Darkseid. Que busca reunir as três caixas maternas que se encontram na Terra.

O grande nome do filme: Ciborgue será, depois do Superman a grande personagem do primeiro filme  (ou quem sabe, o grande responsável pelos seguintes), pois ele é uma "caixa materna viva", por isso pode abrir buracos de minhoca para outras dimensões, assim como nos quadrinhos. Talvez seja até ele que derrote o próprio Lobo da Estepe  (Steppenwolf)


O retorno: Superman não está morto. Com a última cena de Batman vs Superman podemos reparar que a terra em cima de seu caixão começou a levitar, ou seja, apenas com a energia solar ele se regenerou e logo no início de Liga da Justiça já deve voltar, quem sabe de uniforme preto.  (por que não?) E deve passar grande parte do filme resolvendo questões pessoais, com Lois e sua mãe, devido aos seus poderes não estarem totalmente regenerados.

 Nos quadrinhos, após alguns anos Kal-El se recupera na fortaleza da solidão com tecnologia Kryptoniana, retorna de uniforme negro com placas solares para acelerar sua recuperação. Não vejo muito sentido de ele voltar de preto, exceto pela homenagem aos quadrinhos.



Provavelmente a primeira cena será uma tentativa frustrada de Steppenwolf em dominar a Terra, contando com um ataque às Amazonas e os deuses ancestrais. 
 Ou quem sabe Adão Negro ou o Próprio Mago Shazam (Jebediah) detentor dos poderes dos deuses. 



E você, o que acha? Será que bate essa teoria? Agora só esperar pra conferir essa possível maravilha no cinema. ;}

Extra: Zachary Levi (da série Chuck) confirmado como Shazam! O filme estreia em 2019.



The Walking Dead - a Teoria dos Túmulos ... E a 1ª vitima será?

Sim senhoras e senhores TWD começou morno, e de forma confusa mas desta vez a dor sera em ordem Crescente!


Muita gente ficou um pouco confusa com a ordem cronológica do 1º episodio, hora ia ao futuro, hora estava num presente, e em determinados momentos não se sabia se era um outro futuro, uma visão ou outro presente!

Chucky voltou!

Chucky voltou! 


Chucky é um dos principais ícones do terror da década de 80-90, apavorando as crianças e criando lendas urbanas com brinquedos desde aquela época. Ainda em clima de Halloween, uma homenagem aos filmes trash e trazendo uma nova proposta ao personagem, apresento-lhes o 7° filme da franquia "Child'se Play". 

O filme é uma sequência direta de "A maldição de Chucky" e basicamente apresenta a relação entre Chucky  (voz de Brad Dourif) e Andy Barclay  (Alex Vincent), que devido ao filme anterior, Chucky acabou no apartamento de Andy  (sem mais spoiler)


Chucky está atrás de vingança à todos os que o condenaram no passado, incluindo Nica Pierce  (Fiona Dourif), a única sobrevivente do seu último ataque, nem que precise matar todos os pacientes do hospital psiquiátrico em que ele foi internada. 


Com a ajuda de sua namorada/noiva Tiffany  (Jennifer Tilly) Chucky arma um plano para entrar no manicômio e completar sua vingança. Ou não...


A parte boa: A relação entre Chucky e os outros personagens, incluindo os pacientes do hospital psiquiátrico é bastante tensa, o roteiro vai de terror psicológico à um sobrenatural  (claro, ele é um boneco possuído). Desde o início, já pode desconfiar que há algo de diferente na personagem e as mortes são dignas dos filmes "B", o que eu particularmente gostei demais.

A parte ruim: Com sequências muito curtas e que quase não dão tempo para o desenvolvimento das personagens, acaba que não sobra nenhum espaço para você se importar com nenhum além do próprio boneco e Nica. Apesar de ter gostado do retorno de Andy para a franquia. 
 Uma coisa que gostei e me decepcionou ao mesmo tempo foi o "upgrade" que deram ao Chucky  (não vou falar o que é), foi quando tentaram dar uma nova cara para o Jason em "Jason vai para o inferno" ou Freddy Krueger em "guerreiros do sonho" que não me agradou muito, a proposta foi legal, mas não foi bem executada. 



P.S: Assista até o final, pois tem uma cena pós crédito. 

Se já assistiu, nos conte o que achou e se foi o que esperava do filme.




7 ótimos filmes de terror para se assistir nesse Halloween!


O Halloween está chegando e para comemorar essa data tão especial (pelo menos, para alguns) separamos 7 ótimos filmes que não são tão conhecidos assim e com certeza vão fazer você desconfiar até da própria sombra.

Aterrorizada (The Ward)

Paciente de um hospital psiquiátrico, afirma que o espírito de um antigo doente já morto está assombrando o local, mas a equipe médica ignora a jovem que tenta desesperadamente fugir de lá. 

A trama vai ficando mais surreal e mostra uma perspectiva diferente de roteiro.
 Dirigido pelo (mestre) John Carpenter.



Enjaulada (Pet)


Seth, um rapaz solitário que trabalha num canil de cachorros. Um dia aleatório ele encontra Holly, uma mulher que frequentava a mesma escola que ele no ensino médio. Após uma conversa meio desconfortável, os dois se despedem.

Depois de uma confusão que acaba em briga, Seth resolve sequestrá-la. Criando no porão do canil um esconderijo, ele a aprisiona. Mas não se engane por parecer cliché, pois as reviravoltas fazem  com que o roteiro se torne ainda mais interessante. 




O segredo da cabana (The Cabin in the woods)

Cinco amigos vão passar um feriado em uma cabana nas montanhas. Lá descobrem um diário antigo no porão, que começam a ler.
 Relaxa que não é Evil Dead.

 Aos poucos eles acreditam estar cercados pelo sobrenatural, mas em breve vão entender que há muito mais acontecendo.

Esse vai à fundo quando falamos de clichés em filmes de terror, pois ele brinca com isso e precisa para desenvolver a trama. Sem spoiler do final, mas é um dos que mais gostei nessa lista. 




A Cabana do inferno ( Cabin Fever)

Durante as férias com os amigos nas montanhas, o universitário Bert acidentalmente atira em um homem portador de uma doença infecciosa. Sem saber o que fazer, Bert entra em pânico e abandona o homem no local.

 A vítima consegue chegar até um reservatório e acaba infectando a água com uma bactéria comedora de carne. A doença que é contagiosa atinge um dos estudantes, e agora o grupo de amigos luta para evitar a contaminação.

O filme conta com humor negro, terror psicológico e Carnificina total. Se não está preparado para tais assuntos, recomendo que fique longe desse filme.




Abismo do medo (The Descent)

Grupo de jovens amigas resolve fazer expedição a uma caverna. Parece tudo normal e calmo até que o deslizamento de uma rocha deixa as garotas presas com escassos suprimentos. 

À medida que cresce a tensão, e a bisca por uma saída do local, elas descobrem que criaturas estranhas e malignas habitam o local.

Com tensão do início ao fim, penumbra e psicológico abalado te leva cada mais fundo à esse abismo e acaba te dando uma sensação claustrofóbica que poucos filmes conseguem te propor. 




Teke Teke  (Teketeke)


Traumatizada por um possível estupro,adolescente se suicida nos trilhos do trem, tendo o corpo cortado ao meio.

 Por ficar horas agonizando, torna-se um espírito vingativo que produz um som ao caminhar. Você só ouve "teke teke". Essa é a lenda: se você vê Teke Teke e consegue fugir, meu amigo...não adianta nada! Ela vai voltar em três dias e volta com mais raiva e daí já era.

 Um clássico da cultura japonesa. Teke Teke se assemelha ao velho do saco para nós brasileiros. Agora imaginem uns produtores, pegando uma lenda urbana que todo mundo conhece e torna "real" para apenas te dar um aperto no coração? Isso é Teke Teke. 




Savaged

Uma garota surda viajando pelo deserto dos Estados Unidos tenta ajudar um nativo que está quase morrendo e descobre que alguns homens são os responsáveis pelas mortes dessa tribo. 

Estuprada e morta por esses bons moços (!!!) e enterrada em uma cova qualquer, mas um xamã acha se corpo e faz um ritual que tenta trazê-la de volta à vida, porém sai algo errado e ela é possuída por um espírito indígena que procura vingança. 

 Apesar de ter alguns defeitos técnicos devido à orçamento e tal...É uma estória bem contada. E bizarra. 




E aí, qual desse filmes mais atiçou sua curiosidade? Já assistiu algum? Deixamos de pôr algum que você gostou e mais ninguém conhece? Deixe nos comentários e bons sustos.






Temos um campeão entre nós!


Liga da Justiça lançou mais um  teaser! Sim, mais um! Dessa vez aparece um personagem que só de olhar, você que conhece um pouco dos quadrinhos da DC já deve se perguntar se é realmente Shazam, Adão ou o próprio mago Shazam.

The Flash - Barry foi o Mais Rápido desta vez!

E no ultimo episodio, Finalmente tivemos a Revelação de quem era Savitar!


Tia Nerd Show : Confira o Andamento do Projeto Resistência - O Projeto mais ousado do Tia Nerd

Game(s), Revista em Quadrinhos Brinquedos e Vídeos, como será que anda o Projeto Resistência!

E tem novidades para The Big Bang Theory...

Chegou a Hora de vermos a família completa de Penny na série!


Super-Herois Independentes - Hoje Entrevistando o Criador do Penitente!

Agora com os ânimos mais calmos, vamos conhecer um pouco sobre este herói nacional e seu Criador!


Livros, esculturas, revistas, games e Hqs - O Financiamento coletivo tem Mudado e até Salvado Vidas!

Conheça o Financiamento Coletivo e descubra como ele tem a mudado a vida de artistas e de diversas Pessoas.


Treta - Acusado de Possível Dano Moral Site Tia Nerd pode sair do Ar!

E quem diria que uma Simples Postagem falando do Cenário Nacional e seus Clichês Poderia Chegar tão Longe?


Quadrinhos Independentes - A Hora de Mostrar o que o Cenário Nacional Tem de Melhor!

Sim esta na Hora de dar Voz aos Artistas Nacionais e Mostrar que existe Sim Qualidade no Cenário Nacional!


Polêmica - Direito de Resposta aos Artistas Nacionais (HQs)

Sim somos Democráticos, e como Nossas Duvidas se Mostraram sendo a Duvida de Outras Pessoas,  que tal ouvir os artistas Nacionais sobre o Tema?


E não é mais um Choque para Ninguém... Shocker no Set de Filmagem de Homem Aranha

E parece que Spider-Man Homecoming, não poupara esforços para ser Épico!


O Vitimismo, o Ego e o Mimimi do Cenário de Quadrinhos Nacionais...

É tão controverso assim que justo o Tia Nerd Toque num Tema tão Polêmico? 


Não é de Hoje que o Cenário Nacional sofre de vários Males, e juro não São poucos ...

ATRASADO? MELHORES E PIORES DE 2015, PARTE 01



Só vim fazer uma observação: será impossível que o Sr concorde com 100% do que eu digo abaixo, leia com o espirito de ao menos 1% valerá o seu tempo.

Afinal é para isso que servem as “listas”. Para a gente se questionar e trocar pontos de vista. Se sua ideia é ter uma lista na mente, e querer que todas as listas sejam seu pressupostos...

Acho que o Sr me entendeu.

Esse ano, eu resolvi ampliar as escolhas, colocando mais de um vencedor em cada categoria, respectivamente “ouro”, “prata” e “bronze”, com um pequeno comentário sobre. Foram árduas escolhas em alguns casos pelo “concorrente” ter entrado na lista já em dezembro.  Agora vamos para a distribuição de medalhas virtuais:





MELHOR FILME

1º RELATOS SELVAGENS (2014, ...?)

“Bombinha! Bombinha! Bombinha!”

 Ano passado, enquanto atendia um cliente no trabalho, surgiu o assunto de cinema. Começamos a trocar alguns pontos de vista, e logo o cara me disparou “já vi muita coisa interessante, mas o que tem me fascinado cada vez mais é o cinema argentino, em especial os filmes em que o Ricardo Darin participa.” Logo após esse comentário, ele me recomendou veemente três filmes com o dito cujo: “Relatos Selvagens”, “O Segredo de Seus Olhos” e “Histórias Para Boi Dormir (???)”. Ainda não assisti os outros dois (?!), mas ao assistir em janeiro de 2015 a este, eu já estava convicto de nenhum filme que eu visse no decorrer do ano iria superá-lo. E acertei. O filme é tão cínico, realista e incômodo sobre a natureza selvagem da sociedade em geral, - oculta sobre uma superfície de civilidade – que eu não ousaria chama-lo de “ficção”.
A abertura do longa metragem (dividido em cinco história curtas) já expõe diferentes fotos de animais, cada qual com uma expressão facial relativa a seu habitat. No decorrer de cada conto, freios morais são destruídos em pró de melhores posições, sejam elas por desejo de ascensão ou pura vingança. O chavão “Não provoque alguém, porque você não sabe o limite dessa pessoa” é mais que adequado como ponto similar entre as narrativas. Além da criatividade com que tudo é conduzido, fazendo com que o telespectador gargalhe da tragédia alheia, ao tempo em que se identifica por vezes com as agressões feitas e revidadas.




2° QUERIDA, VOU COMPRAR CIGARROS E JÁ VOLTO (...?)

“Para mim, cada aniversário que fazemos é uma linha de arame farpado, fazendo uma cerca. Quando completamos 30, já pode ser considerado um verdadeiro Auswitch.”

 
Outro exemplo de humor extremamente elaborado e inteligente do cinema argentino, apesar desse tender para uma autobiográfica com lampejos de fantasia. O filme versa sem pudor sobre a predestinação para a derrota que um individuo pode ser capaz de ter, a ponto de nem uma viagem no tempo ser capaz de remediar a incompetência de alguém. “O que Ernesto não sabe é que não adianta ir para um lugar brilhante se você é um merda. Porque se você é um merda, todo lugar que você vá, será um lugar de merda.








3° UM DIA DE FÚRIA (..., Joel Schumacher)




Filme cativante, não genial como os acima, mas cativante, eu já falei sobre ele .


Menção Honrosa: Watchmen na versão sem cortes. É pretendido haver um longo post sobre entre Fevereiro e Março desse ano.
 



PIOR FILME:


O Dig é um produtor de cinema. O pombo, é a representação do seu senso crítico...

1º JURASSIC WORLD

 Filme inferior em quase todos os aspectos ao Jurassic Park. Simples assim, não dá para ver como um “filme isolado”, visto que isso é uma continuação mesclada com reboot do que seria Jurassic Park para essa nova geração. Foi um estrondo em bilheteria por cumprir roboticamente o que blockbuster atual necessita para arrecadar: 3D, ótimos efeitos especiais, roteiro fraco, fazer parte de uma franquia, pesada divulgação promocional e um ator do momento. Se eu fosse um dos produtores do filme, que receberam imenso retorno financeiro, eu aplaudiria ele de pé como investimento, apesar de ainda acha-lo uma porcaria.




2° 007 SPECTRE

 Filme a qual eu tinha muita expectativa. Em uma retrospectiva rápida, Sam Mendes é alguém a quem eu tenho um certo respeito, apesar de não ter sempre seu nome mencionado como mais famosos como Kubrick ou Nolan, Sam Mendes como diretor é excepcional, ou ao menos foi. Scorcese uma vez declarou em uma entrevista “primeiro eu faço filmes que sou pago para fazer, para arrecadar dinheiro, e com ele fazer os filmes que eu gosto de fazer.” Isso porque é cada vez mais difícil se produzir algo de sua maneira particular, e consegue lucrar com isso.
No final dos anos 90, Sam deu uma aula de como se fazer um filme ao dirigir “Beleza Americana”. Simples assim. Seu sucesso e oportunidades de mais trabalhos foi proporcional ao seu feito, porém não se entregam obras raras como “Beleza Americana” de tempos em tempos, o que fez Sam nunca mais fazer um filme daquele nível, embora tenha feito ótimos filmes, nesses eu escalaria “Estrada Para Perdição” e “007 Cassino Royale”. A Sequencia, “007 Quatum of Solace” foi um meio termo, mas eu ainda apoio a iniciativa dele ter apostado em um roteiro que desse sequencia a um filme anterior do 007, ainda mais tornando o motivo pessoal, e é esse ponto uma das maiores sacadas do 007 interpretado por Daniel Craig.
Não mais um acúmulo de estereótipos, são definidas razões e motivações a 007 que esmagam a ação desenfreada, maniqueísta e caricata dos filmes anteriores. A “bondgirl” Eva Green não era apenas mais uma mulher sensual, era um páreo intelectual ao protagonista. O vilão não era mais algum cientista maluco que parecia haver saído de algum quadrinho dos anos 40, e sim alguém cruel, cujas ações promovem questionamentos.
“Skyfall” já foi uma tentativa de conciliação com o antigo público do personagem. Foi um sucesso de crítica e bilheteria, particularmente eu o vejo mais como um excelente filme naufragado nas próprias pretensões na metade de sua projeção. Isso porque o imparável vilão vivido por Javier Barden (?) (sempre excelente) primeiro é retratado como uma poderosa força, para logo depois ser desconstruído de maneira simplória pelo roteiro. O mesmo dos conflitos internos de James Bond. Apesar dos pesares, seria um ótimo fechamento de trilogia, logo Sam Mendes, agora mais do que munido de dinheiro, poderia investir em algo autoral...
Duas coisas são visíveis em 007 Spectre: A necessidade de fechar a conta, junto com todas as “pontas soltas” e um certo pedido de desculpas. “Pedido de desculpas?” Isso, porque tudo é tão simplificado com uma forçada “teia de interligação” ao público, junto com os apetrechos tecnológicos, que o filme inteiro soou como “lamentamos ter brincado com o ícone pop de vocês, aqui está ele certinho, da mesma maneira que eu peguei”. Uns definiriam isso como um “retorno elegante ao mito original”, sou mais ousado, sem meias palavras, isso me cheira mais a retrocesso. Seria como Nolan fechar sua trilogia emulando Tim Burton, por temer os saudosistas, ou mesmo Garth Ennis pegar sua versão Max no final, e tentar fazer histórias mais super-heroícas com Frank Castle, como feito na época desenhada por Jim Lee.



3° QUARTETO FANTÁSTICO?

Um exemplo de empreendimento onde tudo seria dito como errado, e que daria errado. Um verdadeiro atropelo de equívocos, ninguém está sem culpa nessa. Vamos distribuir os carimbos de culpa:

1° “Fãs” retardados que xingavam o filme antes mesmo de anunciarem qualquer coisa do roteiro ou imagem. Só a simples associação do nome “Quarteto Fantástico” com a Fox, já fez tudo soar como profano. 

2º Os produtores. Não há nada mais desestimulante, em qualquer atividade profissional que se dedicar e vim seu chefe e ferrar o seu trabalho, deturpando o que foi feito, ainda mais em algo como um filme, onde sua “falha” é exibida ao mundo inteiro, fazendo um belo você acordar com um alvo em cada parte do corpo, manchando quase irremediavelmente sua carreira, o que nos leva ao terceiro ponto:

3° Sua frustração transborda para os seus subordinados, no caso os atores, editores, figurinistas e etc. Criando rixas que só fazem a dedicação deles ser nula, tudo ser algo que nem mesmo eles acreditem.

4º Uma diluição, improviso e porrada de recortes no filme para supostamente agradar a massa contestadora que irá assistir ao resultado final, e advinha o que ocorre:

5º O resultado “aprimorado” acaba se mostrando um produto ainda inferior ao bruto, e o filme acaba sendo um fracasso em todos os sentidos, eleito pela maioria das pessoas como o pior filme do ano.

E essa é a parte da polêmica, ao menos para mim, uma boa parte do filme é sim interessante, embora do meio para o final seja o lixo tóxico que dizem ser. É extremamente visível o ponto até qual a proposta bem trabalha original é levada, e onde tudo começa com o improviso imbecil. Inicialmente o filme lembra bastante a versão Ultimate escrita por Mark Millar, mesmo que de maneira ligeiramente inferior. Não há a “inocência” em se fazer uma exploração cientifica, ganhar poderes e combater o mal, as consequências e ponderações sobre quem faz uma invenção, e quem de fato leva os créditos é um ótimo ponto. As reações adversas, e separações dos integrantes de acordo com seus poderes e necessidades psicológicas é outra boa trama. Mas para por ai, o resto, com a vaga motivação do “Doutor Destino” à improvisada e ridícula batalha final é a assinatura explicita do que produtores débeis, ignorantes sobre a 7º arte, são capazes de fazer pensando ganhar mais dinheiro.



FILME QUE SUPEROU AS ALTAS EXPECTATIVAS NO CINEMA







Menção honrosa: Homem-Formiga. Não foi brilhante, mas foi mais criativo do que eu aguardava.


FILME QUE DECEPCIONOU AS ALTAS EXPECTATIVAS:



1° Exterminador do Futuro: Gênesis

 Continuação + remake da obra-prima do cinema de ação feito por Cameron em Exterminador do Futuro 2. Em uma analogia: é como pegar uma piada muito boa e engraçada, e querer recontar ela para a mesma pessoa, mudando apenas algumas palavras.



2º Black Mass

 Texto em breve. Apenas menciono não ser tão instigante quanto esse trailer promete:





3º Pawn Sacrifice

Foi lançado mês passado no blog, é só clicar AQUI ou ver entre as dez postagens mais acessadas.


P.S: Peter Sarsgaard com ótimas atuações nesses dois últimos filmes da lista, fazendo papeis bem antagônicos.


FILME QUE TODO MUNDO VIU E EU NÃO



Birdman

 Mas recomendo, pela diversão, esse texto do Douglas Joker sobre.

 


Trapaça

Elenco muito bom, premissa interessante e um porém: 30 minutos iniciais ao colocar para assistir, eu já desisti. Não me convenceu, não deu a sensação de estar levando a algum lugar, nem mesmo o humor pode ser chamado de atrativo.
 


MELHOR FILME REVISTO


Todos terão texto sobre ao decorrer do ano, apenas digo isso: Se há algum na lista que não tenha visto, pare para assistir agora, já o que eu vi menos vezes da lista foi três vezes.

1° Rocky – Um Lutador (1979)






2° Touro Indomável


3° Gladiador


4º Mr. Nobody


5º Malena


6º A Vida de David Gale


7º Old Boy


MELHOR ANIMAÇÃO



PIOR ANIMAÇÃO



 Liga da Justiça: Trono de Atlântis

 
O antigo postador, Floyd Banner, falou dela AQUI. Ela é de 2014, mas chega a ser tão ruim, que não há problema em ser a pior animação por dois anos seguidos. Alguém trate de fazer algo pior, ou ela será reeleita esse ano. Há uma tão ruim quanto, da Marvel, protagonizada pelo Justiceiro e Viuva-Negra. Se visualizar uma dessas capas, apenas fuja e me agradeça depois. Um exemplo rápido do nível intelectual dessa animação da Marvel, em uma aparição de Amadeus Cho (ótimo personagem nos quadrinhos, vale mencionar) ele usa sua mente brilhante em uma partida de xadrez contra a Viúva-negra, e sua espetacular jogada de vitória é um xeque-pastor!!! Tá bom, vou parar, se não vou acabar citando o plano maligno do “ex da Natasha”...




MELHORES TRILHAS SONORAS






1° Drive

 
Em sua época de lançamento em dvd, Drive foi um filme muito positivamente comentado. Quando eu o assisti a primeira vez, não vi nada que sobressaísse a um roteiro regular, nem mesmo sua trilha me chamou atenção. Um tio meu, ainda mais aficionado por cinema, me pedira para gravar a trilha em um cd para ele, e dos últimos anos para cá, confesso que vou vendo certo charme no filme, e ainda mais em sua trilha, composta por Kavinsky, nome que vim conhecer um pouco mais esse ano. O cara não é um Hans Zimmer, mas é provável que se conheça ao menos um som dele, sem saber que é dele. Uma boa surpresa foi um som chamado “Rampage” tocado nas batalhas de “Dragon Ball Z”.




2º O Lobo de Wall Street

 
Assisti a esse filme poucos meses atrás, não digo que ele foi ruim, mas abaixo das minhas expectativas, não tem o mesmo poder de “Os Infiltrados” ou “Gangues de Nova York”, mas a trilha é uma ótima peça.

 





3º Candyman





Filme que eu nem sabia que existia, tomei conhecimento pelo game “TERROR DROME”, escrito por Clive Baker, fica bem abaixo do seu trabalho mais famoso – que também não é grande coisa – Hellraiser. Porém a trilha sonora, é uma composição altamente inspirada de Philip Glass, é dela que advém o temor que quem assiste pode sentir.





4° 007 Spectre

 
A quem tenha ficado nervoso com Spectre antes do Quarteto, a trilha composta é um show a parte.



5° Segundas Intenções (Indicação da minha mulher)



Filme que revi com a minha mulher, pelo motivo de ser um dos vários filmes que víamos no mesmo horário pela madrugada -- enquanto não nos conhecíamos – na Globo. É o clichê de “você está sozinho agora, mas em algum lugar, há uma pessoa fazendo o mesmo que você, e que deve lhe completar de alguma forma.” Ela os assistia por insônia, e eu pelo mesmo motivo, além de que eu passava as madrugadas desenhando, a TV era uma companhia. Eu não lembrava quase nada desse filme, e de fato, é um filme fraco, as únicas coisas dignas nele são algumas canções da trilha sonora e o final da sociopata gostosa, que casou com ótimo sincronia ao som de “14 - The Verve - Bitter Sweet Symphony”.



Continua...
 
Copyright © 2013. Tia Nerd Show - All Rights Reserved
Template Created by ThemeXpose | Published By Gooyaabi Templates